Ir para o conteúdo

Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais

Tela cheia Sugerir um artigo

BlogProg 2014

28 de Agosto de 2013, 20:16 , por Blogoosfero - | No one following this article yet.
Informações sobre o 4º Encontro Nacional de Blogueir@s e Ativistas Digitais

Carta de São Paulo do IV Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais

27 de Maio de 2014, 13:51, por Blogoosfero - 0sem comentários ainda

A quarta edição do Encontro de Blogueiros e Ativistas Digitais, que ocorreu entre 16 e 18 de maio, em São Paulo, reuniu 400 participantes de 24 estados do país para discutir temas como a democratização da mídia, novas formas e tecnologias da comunicação, além das experiências da blogosfera no Brasil.

O evento contou com a participação de Lula e de diversos debatedores nacionais e internacionais. Em sua fala, o ex-presidente declarou-se militante da democratização dos meios de comunicação do país, comprometendo-se a tratar a pauta como prioridade em todas as suas entrevistas e aparições deste período em diante.

O #4BlogProg teve transmissão online feita pela TVT e reproduzida por diversos blogs e portais. De acordo com a equipe técnica, foram mais de 10 mil acessos logo no primeiro dia do Encontro.

Confira a íntegra do documento oficial do evento, a Carta de São Paulo:

Carta de São Paulo do IV Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais

Quando o poder da grande mídia,

Transforma verdades em mentiras

Aliena do campo às cidades,

Na espreita, covarde, ela insidia.

Desleal, desinformada e é perfídia,

Que massacra nosso País inteiro.

Mas esquecem que somos um celeiro.

Combatentes nas redes sociais,

Não tememos a mordida dos chacais,

Me apresento com orgulho, sou Blogueiro!

(Zé do Legnas, blog Notícias de Pentecostes/CE)

 

“Intensificar a luta pela regulação democrática da mídia e pela liberdade de expressão.”

Com a participação de 399 ativistas digitais de 24 estados da federação, além de milhares de pessoas que assistiram à transmissão do evento online (e ao vivo) pela TVT, realizou-se nos dias 16, 17 e 18 de maio, em São Paulo, o IV Encontro Nacional de Blogueir@s e Ativistas Digitais. O evento confirmou que a blogosfera e as redes sociais ganham musculatura e maior legitimidade no Brasil, apesar de todos os obstáculos à ação desta nova forma de militância digital.

No embate de ideias na sociedade, a blogosfera faz hoje o contraponto ao pensamento único da mídia monopolizada, e abre, assim, espaço para os movimentos sociais. As eleições de 2010 consolidaram essa importante trincheira na disputa pela hegemonia nas comunicações. Não é para menos que os barões da mídia e os setores conservadores, com o seu autoritarismo e seu histórico desrespeito ao contraditório, atacam de forma tão virulenta a blogosfera. O ativismo nas redes sociais também revela sua capacidade de mobilização, como ficou patente – apesar das inúmeras contradições e disputas – nas chamadas “manifestações de junho de 2013”.

Também é preciso denunciar as intenções de usar o ativismo digital como pretexto, em muitas partes do mundo, para operações de ingerência e de intervenções estrangeiras. Não permitiremos que um movimento legítimo, que luta por direitos digitais e de comunicação, seja manipulado por interesses imperialistas que visam desestabilizar governos legítimos.

Além dessa militância, que se realiza em rede, de forma horizontal, a blogosfera brasileira busca caminhos para uma ação mais coesa. Sempre respeitando as diferenças próprias deste universo amplo e plural, o esforço é para construir a unidade na diversidade, encontrando pontos de ação conjunta. Isto explica o fato sui generis de o Brasil já ter organizado quatro encontros nacionais de blogueiros e ativistas, e de ter realizado um evento internacional, em 2011, em Foz do Iguaçu (PR).

Graças a essa ação, e unindo-se a outros setores organizados da sociedade, os ativistas digitais deram sua contribuição para a importante vitória da aprovação do Marco Civil da Internet, que garante os princípios da neutralidade da rede, da privacidade e da liberdade de expressão. A blogosfera também somou forças às entidades que compõem o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) em defesa do Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP) da Mídia Democrática.

Essas e outras iniciativas, porém, ainda não garantiram avanços mais significativos na democratização da comunicação. O Brasil ocupa o posto de “vanguarda do atraso” nesse setor. Em todo o mundo, o debate estratégico sobre o tema avança. Aqui, porém, ainda patina. Diante dessa realidade, o IV Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais aponta os principais desafios do próximo período:

1 – Intensificar a pressão pela regulação democrática da mídia no Brasil, que proíba os monopólios e a propriedade cruzada, garanta a complementariedade dos sistemas privado, estatal e público, estimule a diversidade e a pluralidade informativa, entre outros pontos já inscritos na Constituição Federal. Aproveitar a campanha eleitoral deste ano para multiplicar os debates sobre esse tema, com a realização de um ato nacional, e para exigir o posicionamento dos candidatos. Ampliar a divulgação da campanha Para expressar a liberdade, liderada pelo FNDC, para aprovação do PLIP (Projeto de Lei de Iniciativa Popular) da Mídia Democrática. Promover, nos principais centros das grandes cidades, diversos tipos de ações culturais para conscientizar a população sobre a necessidade da aprovação da nova lei.

2 – Acompanhar o andamento e manter a pressão permanente sobre o Congresso Nacional e o Governo Federal pela imediata regulamentação do Marco Civil da Internet, denunciando as operadoras de telefonia e outros setores empresariais que já tentam anular a conquista da neutralidade da rede. Pressionar, principalmente, pela retirada do artigo 15 do Marco Civil da Internet, com o objetivo de proteger a privacidade dos usuários.

3 – Exigir que o Governo Federal faça a convocação da 2ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), ainda no ano de 2015, sendo a etapa nacional precedida de etapas regionais e estaduais, nas quais serão eleitos delegados representantes da sociedade civil e delegados representantes do poder público.

4 – Criar mecanismos para dar mais visibilidade à participação feminina na blogosfera e no ativismo digital, estimulando o compartilhamento dos conteúdos produzidos pelas mulheres. Incentivar os blogueiros e ativistas digitais a também abordarem temas da pauta feminista, fortalecendo a luta pela emancipação delas na sociedade.

5 – Reforçar as denúncias contra a perseguição à blogosfera e aos ativistas digitais, que cresce no país através de agressões físicas, ameaças e, principalmente, por meio da censura pela via judicial. São incontáveis os processos que visam asfixiar a liberdade de expressão na rede. Estudar mecanismos para amplificar as denúncias, inclusive em fóruns internacionais, e para garantir auxílio jurídico às vítimas dessa violência, contando para isso com o apoio de entidades como a OAB - Ordem dos Advogados do Brasil.

6 – Com base na premissa da unidade na diversidade, e sempre atuando em rede, de forma horizontal, promover esforços para aumentar a organicidade da blogosfera. Inclusive com a realização de cursos de formação do movimento de blogueiros e midialivrista, e compartilhamento de informações sobre o uso de novas tecnologias. Estabelecer 2015 como o ano dos encontros regionais e estaduais de blogueiros e ativistas digitais.

7 – Reforçar as articulações com blogueiros e ativistas digitais da América Latina e Caribe, visando a realização de um seminário regional. A região tem sido vítima de violenta ofensiva dos barões da mídia, que tentam desestabilizar governos democraticamente eleitos e impor projetos de neocolonização dos EUA. A troca de experiências e coordenação entre os ativistas digitais da região é fundamental para fazer o contraponto a essa ofensiva.

8 – Defender a soberania tecnológica, o desenvolvimento e a utilização de plataformas livres e colaborativas, fundamentais para o exercício da liberdade de expressão e a democratização do acesso, produção e distribuição de informação. Numa sociedade onde grandes corporações e potências imperialistas, principalmente EUA e Inglaterra, espionam, vigiam e cerceiam a circulação das informações, isso é fundamental. Estabelecer a defesa da privacidade e da neutralidade da rede, nos moldes do Marco Civil da Internet recentemente aprovado pelo Congresso Nacional - referência mundial de legislação avançada para o setor.

9 – Defender a aprovação, pelo Congresso Nacional, do Projeto de Lei 4.653/2012, que anistia blogueiros e ativistas virtuais em função de multas eleitorais. Defesa esta que deverá ocorrer por meio de ações como campanhas, audiências públicas, entre outras formas de intervenção da sociedade civil.

10 – Criar um grupo de estudos para avaliar a viabilidade de um portal progressista de notícias, alternativo aos grandes portais, com serviço de e-mail, onde seriam hospedados todos os blogs da blogosfera progressista.

11 – Defender a universalização da banda larga de alta qualidade e baixo custo. Para isso é importante que a blogosfera participe e reforce a divulgação da campanha Banda Larga é um Direito Seu, cujo material está disponível no site www.campanhabandalarga.com.br.

12 – Incorporar à pauta do movimento BlogProg a campanha Mostra o DARF, Rede Globo, através das redes e nas ruas. O objetivo é pressionar a TV Globo a provar que pagou os mais de R$ 600 milhões que a empresa é acusada de sonegar à Receita Federal. Trata-se de fato grave, revelado pela blogosfera e com ampla repercussão nas redes sociais, mas praticamente ignorado pela imprensa conservadora. Um exemplo do moralismo seletivo que domina a velha mídia e o Poder Judiciário brasileiros. É preciso exigir que todos os corruptos e sonegadores sejam punidos pela Justiça.

13 – Realizar coleta de assinaturas em favor da Constituinte Exclusiva da Reforma Política, e apoiar o projeto elaborado pela sociedade civil para uma Lei de Reforma Política - que estão sendo propostos nacionalmente pelos movimentos sociais. Além disso, impulsionar debates nas comunidades, universidades e sindicatos, para ressaltar a importância dessa campanha.

14 – Estudar a criação de um observatório sobre tecnologia para aperfeiçoar técnicas e recursos que melhorem a ação nas redes sociais.

15 – Reivindicar, junto ao Conselho da EBC, que a Empresa Brasileira de Comunicação passe a agregar informações produzidas pelos blogs progressistas, e também pelos sindicatos e movimentos sociais, no seu clipping diário. Sugerir que esse material seja disponibilizado para todos os órgãos públicos da administração federal.

16 – Condenar o julgamento político-midiático em que se transformou a AP 470. Apoiar todas as iniciativas (inclusive a produção de material informativo e guia de orientação sobre a referida ação) que ajudem a desmontar a farsa - imposta ao país com ajuda da velha mídia e de setores inescrupulosos do poder Judiciário.



Programação atualizada do 4BlogProg

15 de Maio de 2014, 23:50, por Tatiane Pires

16 de maio, sexta-feira

9:00 - abertura

9:30 - Debate: Mídia, poder e contrapoder
Debatedores: Pascual Serrano (Espanha, criador do site Rebelion), Andrés Contreris (Estados Unidos, integrante do movimento Democracy Now), Venício A. de Lima (Brasil, professor aposentado da UNB, autor de diversos livros).
Coordenação da mesa: Tatiane Pires (RS) e Sérgio Bertoni (PR).

11:30 - Palestra do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva
Coordenação da mesa: Conceição Lemes (SP) e Ênio Barroso (SP).

14:30 - Debate: A mídia na América Latina
Debatedores: Osvaldo Leon (Equador, integrante da Agência Latinoamericana de Informação), Iroel Sánchez (Cuba, criador do site Cuba Debate), Eduardo Guimarães (Brasil, blogueiro).
Coordenação da mesa: Débora Cruz (DF), Theo Rodrigues (RJ).

17:30 - Debate: A luta pela democratização da mídia no Brasil
Debatedores: Luiza Erundina (coordenadora da Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão - Frentecom), Renata Mielli (secretária-geral do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação - FNDC), Laurindo Lalo Leal Filho (professor da USP e ex-ouvidor da Empresa Brasil de Comunicação - EBC), Luciana Santos (deputada federal do PCdoB/PE).
Coordenação da mesa: Conceição Oliveira (SP) e Diógenes Brandão (PA).

17 de maio, sábado

9:00 - Debate: A juventude e a força das novas mídias
Debatedores: Pablo Capilé (Fora do Eixo), Beá Tibiriçá (Coletivo Digital), Renato Rovai (Revista Fórum).
Coordenação da mesa: Cido Araújo (SP) e Daniel Bezerra (CE).

14:00 - Troca de experiências sobre a blogosfera e o ciberativismo
A cada participante credenciado, será atribuído um número de 1 a 6 de forma aleatória; esse número indicará em qual dos grupos o participante deverá estar.

Poderá haver alterações nos grupos que os convidados para iniciar os debates irão participar.

Grupo 1
Convidados: Lola Aronovich (CE, blog Escreva Lola Escreva), Altino Machado (AC, Blog do Altino e Blog da Amazônia).
Responsável por iniciar os trabalhos do grupo: Dimas Roque (SE).

Grupo 2
Convidados: Deodato Ramalho (CE, vereador e ativista digital), Fábio Malini (ES, Laboratório de redes sociais da Universidade Federal do Espírito Santo), Gilberto Maringoni (SP, cartunista e colaborador do site Carta Maior).
Responsável por iniciar os trabalhos do grupo: Flávio Nascimento (GO).

Grupo 3
Convidados: Tarso Cabral Violin (PR, Blog do Tarso), Cynara Menezes (DF, blog Socialista Morena), Diógenes Brandão (PA, blog As Falas da Pólis).
Responsável por iniciar os trabalhos do grupo: Diógenes Brandão (PA).

Grupo 4
Convidados: Leonardo Sakamoto (SP, Blog do Sakamoto), Miguel do Rosário (RJ, blog O Cafezinho), Daniel Bezerra (CE, Blog da Dilma).
Responsável por iniciar os trabalhos do grupo: Daniel Bezerra (CE).

Grupo 5
Convidados: Marcus Vinícius (GO, Blog do Marcus Vinícius), Douglas Belchior (SP, Blog do Nego Belchior e Uneafro), Edmilson Costa (SP, blog Economês), Cido Araújo (SP, ativista digital).
Responsável por iniciar os trabalhos do grupo: Cido Araújo (SP).

Grupo 6
Convidados: Túlio Vianna (MG, Blog do Túlio Vianna), Lúcio Flávio Pinto (PA, Jornal Pessoal), Vito Gianotti (RJ, Núcleo Piratininga de Comunicação).
Responsável por iniciar os trabalhos do grupo:Sérgio Bertoni (PR).

18:00 - Debate: Venezuela, conflitos sociais e manipulação da mídia
Debatedores: João Pedro Stédile (coordenação nacional do MST), Breno Altman (diretor do site Opera Mundi), Igor Fuser (professor da Universidade Federal do ABC Paulista).
Coordenação da mesa: Michael Rosa (MG) e Anderson Bahia (AM).

18:00 - Oficina: Fui processado, o que faço
Oficineira: Laura Tresca (Artigo 19).
Coordenação: Alisson Almeida (RN).

18 de maio, domingo

9:00 - Plenária final
Coordenação da mesa: Tatiane Pires, Altamiro Borges e Rodrigo Vianna.
Pauta:
* relato das propostas dos grupos;
* debate e votação da Carta de São Paulo;
* plano de ação do movimento de blogueiros - prioridades;
* eleição da nova Comissão Nacional Organizadora;
* definição do local do 5BlogProg em 2016.



Local do 4BlogProg

15 de Abril de 2014, 19:03, por Tatiane Pires - 0sem comentários ainda

Local: Hotel Braston São Paulo
Endereço: Rua Martins Fontes, 330, Centro, São Paulo - SP

O prazo de inscrições pela internet encerrou no dia 30/04.

Novas inscrições poderão ser efetuadas no credendiamento do Encontro, dia 16/05, das 09h às 11h e das 14h às 17h.


Taxa de inscrição: 50 reais.



4º Encontro Nacional de Blogueir@s e Ativistas Digitais

18 de Fevereiro de 2014, 12:08, por Tatiane Pires - 1Um comentário

Nos dias 16, 17 e 18 de maio em São Paulo, são aguardados 500 ativistas digitais de todo o país. A organização do encontro disponibilizará hospedagem para os 200 primeiros inscritos de fora da capital paulista e alimentação para os 500 participantes.

Na sexta-feira, 16 de maio, o Encontro Nacional promoverá um Seminário Internacional que se propõe a dar continuidade aos debates do 1º Encontro Mundial de Blogueiros realizado em outubro de 2011 em Foz do Iguaçu (PR). Sete conferencistas internacionais participarão dos debates sobre mídia, poder e América Latina, seguido de um debate sobre a luta pela democratização da mídia no Brasil.

No sábado, 17 de maio, a proposta é retomar a experiência do primeiro encontro nacional realizado em 2010 por meio das desconferêncas. As atividades iniciam com um debate sobre a juventude e a força das novas mídias e será seguido das desconferências, em que serão formados grupos de debates. Nesses grupos, o debate será iniciado por ativistas convidados e todos os participantes terão vez e voz para relatar suas experiências e participar dos debates. Após as desconferências, os grupos voltam a se reunir para um debate sobre a mídia e as eleições de 2014, seguido de uma festa de confraternização.

No domingo, 18 de maio, os debates serão sobre a Carta de São Paulo e ações do movimento de blogueir@s e ativistas digitais.

As inscrições já estão abertas na página blogprog.com.br/inscricoes. As taxas de inscrição são R$ 50 (cinquenta reais) para os participantes em geral e R$ 20 (vinte reais) para estudantes, sendo necessário o envio do comprovante de matrícula na instituição indicada para o email inscricoes@blogprog.com.br.

Data: 16, 17 e 18 de maio de 2014
Local: São Paulo/SP

Inscrição: blogprog.com.br/inscricoes
Taxa de inscrição: 50 reais para o público em geral e 20 reais para estudantes

Atenção! As inscrições e o pagamento das mesmas se encerram em 30 de abril de 2014.

Programação

16 de maio, sexta-feira

09 horas — Abertura

10 horas — Debate: Mídia, poder e contrapoder

  • Ignácio Ramonet – fundador do jornal Le Monde Diplomatique (França); *
  • Pascual Serrano – criador do sítio Rebelion (Espanha); *
  • Andrés Conteris – Integrante do movimento Democracy Now (Estados Unidos); *
  • Dênis de Moraes – professor da Universidade Federal Fluminense. *

14 horas — A mídia na América Latina

  • Osvaldo Leon – integrante da Agência Latina Americana de Informação (Alai-Equador) *
  • Damian Loreti – professor (Argentina);
  • Iroel Sánchez – blogueiro cubano; *
  • Emir Sader – sociólogo e cientista político.

17 horas — A luta pela democratização da mídia no Brasil

  • Luiza Erundina – coordenadora da Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão (Frentecom);
  • Rosane Bertoti – coordenadora do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC);
  • Laurindo Lalo Leal Filho – professor da USP e ex-ouvidor da Empresa Brasil de Comunicação (EBC);
  • Luciana Santos - vice-presidente nacional do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e deputada federal por Pernambuco.

17 de maio, sábado

9 horas — A juventude e a força das novas mídias

  • Pablo Capilé – Fora do Eixo;
  • Renato Rovai – revista Fórum;
  • Luciano Martins Costa – Observatório da Imprensa;
  • Jeferson Monteiro – Dilma Bolada;
  • PC Siqueira – MTV

14 horas — Desconferências: Troca de experiências sobre a blogosfera e o ciberativismo;

18 horas — A mídia e as eleições de 2014

  • Lula

19 horas — Festa de confraternização.

18 de maio, domingo

10 horas — Plano de ação do movimento nacional de blogueir@s;

  • Definição do local do V Encontro Nacional, em 2016;
  • Aprovação da Carta de São Paulo;
  • Eleição da nova comissão nacional organizadora.

Convidados para iniciar os debates das desconferências:

Marco Aurélio Weissheimer (RS);
Esmael Morais (PR);
Zé de Abreu (RJ)*;
Tarso Cabral (PR);
Leonardo Sakamoto (SP);
Cynara Menezes (DF);
Miguel do Rosário (RJ);
Gilberto Maringoni (SP);
Fernando Brito (RJ)*;
Fábio Malini (ES);
Lola Aronovich (CE);
Daniel Pearl (CE);
Altino Machado (AC);
Diógenes "Jimmy" Brandão (PA);
Altino Machado (AC);
Marcos Vinicius (GO)*;
Jean Wyllys (RJ)*;
Túlio Viana (MG);
Lucio Flávio Pinto (PA);
Claudio Nunes (SE)*;
Vito Giannotti (RJ);
Oldack Miranda (BA)*;
Douglas Belchior (SP);
Edmilson Costa (SP);
Daniel Menezes (RN)*;
Deodato Ramalho (CE);
Beto Mafra (MG);
Cido Araujo (SP);
Bemvindo Siqueira (RJ);

 



Tags deste artigo: 4blogprog

Rede #BlogProg